terça-feira, 11 de dezembro de 2012

COISAS QUE ME ASSOMBRARAM EM 2012



O último pedido de Niemeyer: um café e um pastel.


O cachorro vira-lata de Pepe Mujica.

A tenacidade da música e a ingenuidade esperta do grupo Orgulho Caipira, que conheci no sábado.

A fúria homicida de Adriane Esteves no papel de Carminha.

A profusão de camelôs na entrada do metrô de Milão.

A doçura de Feist no show do Cine Joia.

O homeless de gravata fuçando no lixo em Times Square.

O crânio muito arredondado de Luis Fernando Veríssimo.

A garota possessa do filme romeno Além das Montanhas, de Cristian Mungiu.

O som hipnótico de James Blake.

O mais novo livro de poemas de Lawrence Ferlinghetti, Time of Useful Consciousness.

A alegria da minha cadela Beth ao sair para o veterinário, de onde nunca mais voltaria.




Para 2013, ainda estou pensando nas resoluções. Um mês sem o nome no SPC, é pedir muito?

Um comentário:

nana tucci disse...

(e no serasa, amém)