sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

CÃO
















1. Mamífero carnívoro da família dos canídeos.

2. Designação dada a alguém que é ruim por natureza, gente má, desprezível.


Essa semana, em Novo Horizonte (399 km de SP), um cão (designação 1) de apenas 4 meses foi enterrado vivo por outro cão (designação 2).
O cãozinho ficou 12 horas enterrado. Milagrosamente, foi protegido e viveu. Foi salvo por uma alma boa, que o desenterrou e levou a uma veterinária.
O cãozinho foi batizado como Titã. Vai ficar cego de um olho. Está em estado grave, perdeu pele e está desidratado.
Não se sabe se vai aguentar.
Não se sabe o que motivou o infeliz do Coisa Ruim a fazer isso com o cachorrinho.
Outro dia, outro cão dessa natureza arrastou um cachorro com o carro no interior. Interpelado, disse que o cachorro era seu e fazia o que quisesse. Cara, nem em filme do John Wayne as pessoas (?) falavam assim dos animais.



O cão número 2 de Novo Horizonte não apareceu, não divulgaram o nome dele.
Não creio em nada, mas peço a Deus que lhe dê o devido destino.
Que a Lei o alcance, qualquer que seja a sua forma.
Cão dos Infernos.

2 comentários:

Marília disse...

Meu desejo é que o código de Hamurabi seja utilizado com monstro que fazem mal a animais.

Se o enterrou vivo, que enterrem esse monstro também. Se arrastou com o carro, que façam o mesmo com o monstro.

Não tenho piedade com monstros. Eles que morram e sofram o mesmo ou pior.

aguinaldocavalheiro disse...

Mundo cão.